Folha de São Paulo, 07/09/2019

Faculdade de direito da USP muda aulas para ouvir voz de mulheres

Pesquisa detectou entraves à participação feminina em sala; professoras são 17% do quadro, e alunas, 40%

na em sala; professoras são 17% do quadro, e alunas, 40%

Angela Pinho

 

Para ler, clique aqui