Nova pagina 1

O GLOBO – 05/07/2017 –
RIO DE JANEIRO, RJ

Estudante com síndrome de Down é aprovado no vestibular da Ufes

POR RODRIGO BERTOLUCCI

`A realização de um
sonho. Um misto de surpresa e êxtase`. É desta forma que Paola Pinheiro Bernardi
Primo, de 36 anos, define a emoção ao saber que seu irmão, Rodolfo Pinheiro
Bernardi, de 25 anos, foi aprovado no curso de Gemologia, da Universidade
Federal do Espírito Santo (Ufes), no campus de Goiabeiras. O jovem será o
primeiro aluno portador de síndrome de Down na instituição de ensino superior.

– No momento da
aprovação, não conseguimos nos conter. Foi muita emoção. Afinal, sabíamos das
limitações dele. Mas sempre acreditamos que era possível – destaca a irmã,
acrescentando que Rodolfo espera, com o curso, aprender coisas novas e fazer
novas amizades.

De acordo com Paola, o
irmão estudou principalmente assistindo a videoaulas disponibilizadas na
internet por cursinhos on-line.

– Ele gosta muito de
ficar no computador, que foi por onde basicamente ele estudou. Rodolfo sempre
assistia a vídeoaulas para o Enem e fazia suas anotações – conta a irmã.

Nas horas vagas, segundo
Paola, ele gosta de fazer exercícios físicos. Ela lembra que, com sua
determinação, Rodolfo iniciou um processo de emagrecimento saudável e conseguiu
perder 23 quilos em 1 ano e meio.

– Um orgulho para nós.
Um garoto adorável, amoroso e muito determinado – conta Paola.

Segundo informações da
Pró-Reitoria de Graduação (Prograd) e do Núcleo de Acessibilidade da Ufes (Naufes),
não há registros anteriores de estudantes com Síndrome de Down na unidade.

– Temos uma política de
inclusão na universidade. Isso vem ao encontro do que entendemos como também
responsabilidade social de uma universidade pública. Estamos felizes com a
conquista dele – comemora a pró-reitora de graduação e professora, Zenólia
Cristina Campos Figueiredo.


1 comentário

Os comentários estão fechados.