Folha de São Paulo, 20/10/2019

Polícia, bandido e arma são rotina de médicos de emergência no RJ

Júlia Barbon

 

para ler, clique aqui

Categorias: Medicina