Nova pagina 10

UOL EDUCAÇÃO – 06/02/2014 – SÃO PAULO, SP

Aluno de 16 anos entra em nove cursos de medicina

ESTADÃO CONTEÚDO

Ainda no 1º ano do ensino
médio, Matheus Bruxelas foi aprovado pela primeira vez no vestibular: para
veterinária na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso) e engenharia florestal
na UFMS (Federal de Mato Grosso do Sul) e na UFMT (Universidade Federal do
Triângulo Mineiro). No 2º ano, mais aprovações: foi admitido em odontologia na
USP e educação física na Unesp. Mas foi neste ano que ele atingiu uma marca
surpreendente: aos 16 anos, foi aprovado em nove vestibulares de medicina.

Décimo nono colocado na
medicina de Ribeirão Preto da USP e aprovado ainda nas Federais do Triângulo
Mineiro, do Paraná, de Viçosa, Unesp e em mais quatro universidades privadas,
Matheus é descrito pelos professores como um menino que sabe equilibrar a
diversão e os estudos. `Ele não é daqueles nerds que só pensam em estudar`,
garante Roselane Alarcon, diretora do Objetivo Alto Padrão, escola de Franca,
interior de São Paulo, onde Matheus estudou.

`Gosto de jogar basquete e
tocar piano, mas tive de parar uns seis meses para me preparar para o
vestibular`, conta ele, que chegou a estudar 12 horas por dia na reta final.
`Mesmo assim, não deixava de me divertir nos fins de semana.` Para ele, a
dedicação é o principal pré-requisito para quem pretende entrar em cursos
concorridos. `Se você não tiver dedicação, é melhor nem tentar`, diz.

Regina Trindade, mãe de
Matheus, conta que muitos amigos a aconselharam a mandar o filho para fora.
`Preferimos mantê-lo aqui (em Franca), onde ele tem amor e uma boa estrutura`,
afirma a dentista, que também apostou em uma ajuda extra. `Deixei uma vela acesa
desde o primeiro dia de vestibular até sair o resultado.`

Categorias: Medicina

1 comentário

Os comentários estão fechados.

× clique aqui e fale conosco pelo whatsapp