Nova pagina 2

REVISTA GESTÃO UNIVERSITÁRIA – 13/09/2016 – BELO HORIZONTE, MG

Número de inscritos no exame de Revalidação de Diplomas Médicos é o maior
dos últimos cinco anos

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL – MEC

O Exame Nacional de
Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação
Estrangeiras (Revalida) foi realizado no domingo, 11, com número expressivo de
candidatos: mais de 6,5 mil. A quantidade de inscritos é a maior dos últimos
cinco anos. Essa é a primeira etapa do exame, criado para facilitar o processo
de revalidação de diplomas estrangeiros, o que permite que profissionais
formados no exterior atuem como médicos no Brasil.

A abstenção foi
considerada pequena; 5,64% do total de inscritos faltaram à prova objetiva pela
manhã. Já no período da tarde, quando os participantes responderam a questões
discursivas, o percentual foi de 6,08%. Serão aprovados os candidatos que
alcançarem, no mínimo, 77 dos 150 pontos correspondentes à soma das provas
objetivas e discursivas. A divulgação dos resultados está prevista para o dia 14
de outubro.

Nesta etapa, as provas
foram aplicadas em dez capitais brasileiras. Os países que apresentaram o maior
número de inscritos, por nacionalidade, foram Brasil, Cuba, Bolívia, Colômbia,
Peru, Venezuela e Argentina. Quanto à origem do diploma, a Bolívia liderou com
44,97% dos inscritos.

A segunda fase está
agendada para novembro. O candidato deverá passar por uma avaliação prática de
habilidades clínicas, com tarefas específicas distribuídas em dez estações de
trabalho. O resultado dessa etapa será divulgado em dezembro.

Revalidação – Para atuar
como médico no Brasil, o profissional formado em instituição de educação
superior estrangeira precisa revalidar o diploma. O Revalida foi criado para
simplificar esse processo. A gestão do exame é de responsabilidade do Instituto
Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

Categorias: Medicina

1 comentário

Os comentários estão fechados.

× clique aqui e fale conosco pelo whatsapp