bool(false)

Estado de São Paulo, 24/10/2021

Profissões em alta vão de análise de dados a vendas online

Acelerada pela pandemia, transformação digital impulsiona atividades ligadas à tecnologia, desde o desenvolvimento até tarefas de análise, e leva profissionais a dar guinada na carreira

RENÉE PEREIRA

DANIEL TEIXEIRA/ ESTADÃOA cientista de computação Daniela Canuta desistiu de fazer mestrado e hoje é engenheira de inteligência artificial e de ‘machine learning’

Com a transformação digital das empresas, a maioria das funções que foram criadas ou ganharam importância no País está ligada, de alguma forma, à tecnologia.

“Hoje, o dado é o novo ouro, mas você precisa agregar contexto a ele” Daniela Canuta Cientista de computação

Wagner Delbaje era piloto comercial e instrutor de voo; Thabata Dornelas se formou em Direito; e Maurício Batista fez faculdade de Engenharia Civil. Do ano passado para cá, os três decidiram dar uma guinada na vida profissional e trabalhar em áreas bem diferentes de suas formações. Em comum, escolheram vagas que estão na lista das profissões do futuro. Delbaje virou piloto de drone; Thabata, desenvolvedora “frontend” (que faz páginas na web); e Batista, um “business operation” – função que trabalha com a gestão de negócios com base em dados e fatos.

O movimento dos três profissionais atende a um mercado que não para de crescer, sobretudo após a pandemia. Com a transformação digital acelerada dentro das empresas, algumas funções ganharam mais importância e outras foram criadas. A maioria está ligada, de alguma forma, à tecnologia, seja na análise de dados, no desenvolvimento de programas, no marketing digital ou nas vendas online.

“Essas profissões trazem um viés tecnológico grande e estão ligadas à transformação digital”, diz Fernando Mantovani, diretor-geral da Robert Half Brasil, que acaba de lançar o Guia Salarial 2021 e traz as carreiras do futuro em vários setores. Muitas delas envolvem a produção, a coleta e a análise de dados em diferentes esferas. São profissões que exigem do candidato um alto nível de interpretação e análise de dados para aplicação no dia a dia das empresas.

A lista da Robert Half inclui funções pouco conhecidas pela população, mas em alta no mercado, como o líder de “live streaming”, que coordena transmissões ao vivo; o “pentester”, responsável pela segurança de dados; e o “people analytics”, que faz a coleta e a análise de dados para gestão de pessoas; além dos desenvolvedores de programas – profissionais que hoje valem “ouro”. O lado negativo é que já há desequilíbrio entre oferta e demanda por esses profissionais. 

× clique aqui e fale conosco pelo whatsapp