bool(false)

Portal G1, https://g1.globo.com/economia/concursos-e-emprego/noticia/2020/08/18/questoes-relacionadas-a-pandemia-devem-ser-abordadas-em-entrevistas-de-emprego-veja-como-se-preparar.ghtml, 18/08/2020

Questões relacionadas à pandemia devem ser abordadas em entrevistas de emprego; veja como se preparar

O que você fez? Como se manteve atualizado? Veja mais questões e como o candidato deve se preparar para as entrevistas.

Por G1

Apesar do cenário de desemprego em alta no país, a intermediadora de mão de obra Luandre já enxerga a retomada de diversos setores e a reabertura de vagas, principalmente no final do ano.

Segundo Fernando Medina, CEO da Luandre, o profissional que deseja se destacar precisa trabalhar em seu desenvolvimento e enxergar as oportunidades escondidas em meio ao caos. “Há uma demanda reprimida e estamos confiantes que muitas vagas serão abertas neste final de ano. É fundamental que o candidato continue evoluindo, fazendo cursos ou estudando, por exemplo”, afirma.

Medina ressalta algumas questões que farão parte da rotina dos candidatos em um cenário de retomada da vagas. Veja abaixo:

O que você fez durante a pandemia?

Segundo Medina, essa é uma questão bastante importante porque com ela se consegue perceber como o candidato lidou com tempo “ocioso” de forma produtiva, se buscou se especializar em algo ou se aprofundar na sua área, por exemplo, e quais ferramentas utilizou para isso.

Como você lidou com o trabalho durante a Covid-19?

Essa pergunta diz respeito aos candidatos que estavam trabalhando durante a pandemia e sobre os hábitos adquiridos, o que já era comum antes da pandemia, mas passará a ter um peso maior. “Queremos saber como esse profissional se organizou e conciliou todas as tarefas da vida pessoal e profissional, como passou por esse desafio, uma vez que a forma como ele lida com as adversidades do momento mostra autocontrole e iniciativa pessoal”, diz Medina.

Como você se manteve atualizado na quarentena?

Essa questão indica a proatividade do candidato: “Queremos saber se esse profissional buscou autoconhecimento por meio de cursos, livros ou exercícios, uma vez que é em situações adversas que se demonstra a capacidade de adaptação ao novo e como ele é impactado por grandes mudanças” observa Medina.

Quais hábitos trouxe para sua vida por causa do coronavírus?

“Queremos saber se o candidato adquiriu habilidades comportamentais como autogestão, liderança, trabalho em equipe, automotivação, entre outras, fundamentais para qualquer profissional bem preparado”, afirma Medina.

Quais aprendizados você tirou deste período?

“Alguns estão vivendo tragédias pessoais, outros estão experimentando a preocupação pelo desemprego, alguns trabalhando de uma forma totalmente desafiadora e há até quem esteja revendo objetivos. Sem dúvida, estamos passando por um momento muito difícil, e em momentos assim é importante refletir, aprender e evoluir. É importante saber o que o candidato aprendeu com toda esta dificuldade e o que fará com isto no futuro”, diz Medina.

 

 

× clique aqui e fale conosco pelo whatsapp