bool(false)





Nova pagina 4

Folha de São Paulo, Empregos, domingo, 21 de setembro de 2008


FARMÁCIA


Campo para farmacêutico vai muito além das drogarias

Outros setores de trabalho são a indústria de cosméticos e alimentos

RACHEL COSTA, COLABORAÇÃO PARA A FOLHA

Do tempo das boticas, com seus frascos, balcões e estantes de madeira, para
os dias de hoje, muita coisa mudou na vida dos farmacêuticos. Inclusive as
possibilidades de atuação.

Atualmente, o CFF (Conselho Federal de Farmácia) registra cerca de 65
atividades que podem ser realizadas por profissionais da área. Elas vão desde o
trabalho com medicamentos a atividades relacionadas a cosméticos, alimentos ou
análises clínicas e toxicológicas.

A estudante Renata Yuri, 17, que prestará vestibular para o curso no fim do
ano, brinca que tenta “convencer as pessoas” de que farmacêuticos não estão só
atrás dos balcões das drogarias. Interessada em fazer carreira na área de
cosmetologia, Renata aposta nas diversas possibilidades de atuação como garantia
de emprego.

As perspectivas de mercado são boas. Pesquisa realizada pela Fundação
Getulio Vargas em outubro de 2007, analisando carreiras ligadas à indústria,
aponta a farmácia como uma das áreas de maior crescimento nos próximos anos.

O estudo pode ser comprovado, na prática, com o exemplo de quem já se
formou. Camila Depieri, 26, concluiu o curso há dois anos e meio e teve um bom
início de carreira. Contratada pela Medley, uma das maiores indústrias
farmacêuticas do Brasil, Camila trabalha hoje com a regulamentação de novos
medicamentos.

“Essa função é bem remunerada e tem muito emprego, porque a maioria dos
recém-formados não sabe que pode trabalhar com isso”, diz Camila.

Neste ano, a Comissão de Ensino do CFF realizou um levantamento do número
de cursos existentes no país. Foram catalogadas 306 instituições que ofereciam
graduação em farmácia. Destas, a maior parte (86,9%) era formada por
instituições privadas.

Se comparado ao número de cursos de 1996, houve um aumento de 347%. O
incremento é acompanhado pela preocupação do conselho em relação à qualidade dos
cursos.

Para quem vai prestar vestibular, uma boa dica é, antes de realizar a
escolha, buscar informações sobre qual é o desempenho do curso e da universidade
nas avaliações do MEC, como o Enade (antigo Provão).

A atenção do profissional com a formação é fundamental. Como enfatiza a
gerente de desenvolvimento de produtos da empresa de cosméticos Natura, Ana
Paula de Oliveira, “[para fazer farmácia] tem de gostar de estudar muito”.

SAIBA MAIS

LIVROS

“Farmácia Brasileira: Utopia e Realidade”, Jaldo de S. Santos

“Breve História da Farmácia Brasileira”, Philippe Guédon

FILMES

“O Jardineiro Fiel” (2005)

“Sicko – $O$ Saúde” (2007)

SITE



wwwcff.org.br

CURSO: 5 anos

R$ 2.170,80 é o salário médio, segundo pesquisa da FGV


[+] profissional


“Indústria tem um horário menos
flexível”

COLABORAÇÃO PARA A FOLHA


Gerente de desenvolvimento de produtos, Ana Paula de Oliveira, 37, está na
Natura há 14 anos. Quando deixou Campinas, aos 17 anos, para fazer graduação na
USP de Ribeirão Preto, ela conhecia pouco da profissão. Hoje, formada há 15
anos, ela dá algumas dicas para quem vai tentar o curso.

***


FOLHA – Como é o mercado para farmacêuticos?


ANA PAULA

O farmacêutico tem muitos campos de atuação, muito distintos entre si. Há vários
tipos de indústria e, fora isso, tem outras áreas em que se pode especializar na
graduação, como análises clínicas, farmácia de manipulação ou drogaria. A
possibilidade de atuação é enorme. A grande dificuldade é conseguir vislumbrar
tudo isso e saber o que quer.

***


FOLHA – Como escolher em que área atuar?


ANA PAULA

Para quem ainda não está na universidade, uma dica é pensar no dia-a-dia das
áreas. Cada opção tem suas vantagens e desvantagens. A indústria, por exemplo,
tem um horário menos flexível que um negócio próprio, em uma farmácia.

 


Pergunta da vestibulanda


RENATA YURI – Línguas estrangeiras auxiliam na
contratação por multinacionais?


ANA PAULA

Sim, principalmente se for em uma multinacional. Esse é um quesito de desempate
entre dois profissionais bem qualificados.


1 comentário

Os comentários estão fechados.

× clique aqui e fale conosco pelo whatsapp